Globoplay

Fluminense: título da Libertadores vira doc no Globoplay

globoplay logo
Enquanto, a cada jogo, os torcedores nas arquibancadas entoavam que tinha chegado a hora, os jogadores, há meses, trabalhavam com uma data na cabeça para não perder o foco do grande objetivo: ganhar a Copa Libertadores. “Que dia é hoje?”, questionava o técnico Fernando Diniz, insistentemente. “4 de novembro, professor”. Esta cena se repetiu inúmeras vezes no centro de treinamento, nas viagens, concentrações e vestiários. Uma fixação! Desde 2008, quando perdeu a final do torneio sul-americano dentro do Maracanã, o Fluminense convivia com esse fantasma. Quinze anos depois, chegou a chance de contar uma nova história. ‘Todo dia é 4 de novembro – O Fluminense conquista a América’ é o mais novo Original Globoplay, produzido pelo Núcleo de Documentários do Esporte da Globo, que mostra os bastidores e a trajetória da maior conquista da história dos 121 anos de um dos clubes mais importantes do futebol brasileiro, disponível a partir desta terça-feira, dia 12, para os assinantes da plataforma.

“Em determinado momento, eu comecei a falar que todo dia era 4 de novembro. Dia de treino, dia de jogo. Até em jogo de Campeonato Brasileiro, porque, basicamente, subentende-se que é o dia que você dará o seu melhor”, explica o treinador, que entrou de tal forma com esse discurso na mente dos jogadores que o capitão Nino não hesitou em lembrar da frase que mexeu com todos na última preleção antes da final: “4 de novembro chegou e vocês estão preparados, porque a gente já viveu o dia 4 de novembro diversas vezes”.

Com direção de Rafael Pirrho, que também é um dos responsáveis pelo roteiro, ao lado de João Paulo Garschagen e Gabriel Vieira, o documentário traz depoimentos de todos os jogadores titulares na decisão contra o Boca Juniors, da Argentina; do atacante John Kennedy, autor do gol do título na vitória por 2 a 1; do técnico Fernando Diniz; do presidente Mário Bittencourt; e de outros atletas e integrantes da comissão técnica que fizeram parte desta caminhada. “O documentário tem um material de bastidor muito rico. Ali a gente pode ver um pouco dessa campanha por dentro, as tensões e alegrias no vestiário, as orientações do Diniz antes e durante os jogos. É um registro muito importante que ajuda a entender melhor como o elenco e a comissão técnica construíram o caminho até esse título tão importante para o clube”, ressalta o diretor Rafael Pirrho.
Exatamente 240 dias antes da conquista da Glória Eterna, desembarcava no Rio de Janeiro a contratação mais badalada do clube nesta temporada. Cria de Xerém, Marcelo retornava ao clube 16 anos depois de sair, ainda garoto, para atuar no Real Madrid. Além dos sete jogos no Maracanã, a caravana tricolor passou por Lima – onde o camisa 12 estreou –, La Paz, Buenos Aires (duas vezes), Assunção e, antes de voltar para casa na decisão, conquistou uma vitória memorável em Porto Alegre sobre o Internacional, na semifinal, construída nos minutos finais. O documentário também repassa outros momentos marcantes da campanha, como a convicção do volante Felipe Melo no título mesmo depois da derrota para o River Plate, ainda na fase de grupos, no período mais instável da temporada. Ainda conta com um depoimento emocionante do atacante Keno, que começou no futebol profissional bem tarde, sem passar pelas categorias de base, e por pouco não abandonou a carreira. Foram dele os dois passes para gols no dia 4 de novembro de 2023.

Em oito dias, o Fluminense inicia a busca de um novo sonho. A participação no Mundial de Clubes começa com a semifinal em 18 de dezembro, na Arábia Saudita, com transmissão da TV Globo. E quem sabe outra profecia, das tantas que este documentário apresenta, pode ser concretizada? Na roda de aquecimento, antes de pisar no gramado do Maracanã para encarar o River Plate – na goleada histórica por 5 a 1 –, o preparador físico Marcos Seixas elevou a temperatura do vestiário com algo que pode vir a se tornar uma premonição: “Hoje é o River Plate, podia ser o Manchester City”. O clube inglês está na outra semifinal do Mundial.

‘Todo dia é 4 de novembro – O Fluminense conquista a América’ é um documentário feito especialmente para os tricolores, mas não apenas para eles. Um material que mostra de forma intensa a intimidade de um título dessa magnitude, que não é fruto de apenas um jogo ou de um lance, mas de vários momentos, percalços, coincidências e sonhos.
Avatar

Édipo Pereira

About Author

Você pode gostar

Miraculous-as-aventuras-da-ladybug
Globoplay

Miraculous ganha episódio inédito no Globoplay

O Globoplay disponibilizou nesta terça-feira, dia 28, mais um episódio de Miraculous – As Aventuras de Ladybug, atração de sucesso
jessie-e-colombo-serie-documental-globoplay
Globoplay

Jessie e Colombo: série documental estreia no Globoplay

A história de amor e os desafios enfrentados por um casal preso na Ditadura Militar, serão contados em Jessie e